Diga-me o que compras... E eu direi quem tu és!


Fazer compras no supermercado não é meu programa favorito. Sempre acabo fugindo da minha lista e gastando mais que o previsto... Por outro lado nunca consigo agradar a todos em casa com as minhas escolhas: os filhos principalmente! Nunca estão satisfeitos, sempre esperam mais. Quanto mais crescem, mais difícil fica de agradar... Ah, geralmente saio do mercado com dor de cabeça, e fico com uma maior ainda quando chego em casa e tenho que guardar tudo!

Mas me divirto muito esperando na fila pra passar no caixa... É, gosto de observar os carrinhos ao meu redor... Muito interessante ficar analisando as compras alheias... Não sei se todos fazem isso, às vezes penso que sou meio doida, que tenho alguns comportamentos "estranhos" aos padrões normais... Mas a verdade é que o carrinho de supermercado revela mais coisas sobre quem o empurra do que podemos imaginar!

Por exemplo, vou começar pelo meu carrinho... Acho ele muito previsível... É o típico carrinho de compras da família classe média. Sim! Muito arroz, feijão, macarrão, batatas, bolacha, produto de limpeza e várias coisas usadas por quem tem o hábito de cozinhar "todo santo dia". Somente uma coisa ou outra de comida instantânea (aquelas das caixinhas que são sinônimos de comidas rápidas e CARAS!), só para eventuais imprevistos...

Às vezes fico meio triste com meu carrinho, principalmente quando ao meu lado tem algum cheio de coisas práticas (caras)... Várias e várias caixinhas... De vários tamanhos e cores... Um mínimo de produto de limpeza... Claro, comida pronta não faz tanta sujeira! Certamente o dono desse carrinho tem uma cozinha sempre brilhando... Deve ser uma pessoa muito ocupada e meio solitária.

Também tem o carrinho saudável! Ah... Como admiro esse tipo de carrinho... Tudo à base do integral, natural e bem dosado. Nada de exageros... Abaixo a gordura! Acho muito "chique" um carrinho desses... Geralmente vem acompanhado por objetos requintados e de bom gosto... Certamente o dono desse carrinho não tem crianças. Sim, não dá pra manter a pose com crianças, nem ter objetos sofisticados e muito menos fazer comida integral! Até eu que já sou crescidinha não consegui aderir ao "natural" com naturalidade... (quem sabe um dia!)

Mas o assunto das crianças me fez lembrar de um outro tipo de carrinho... Mas esse eu procuro passar longe... É aquele cheio de fraldas, lenços umedecidos, mingau, etc, etc... Não gosto nem de lembrar! Bebê é muito fofo, muito lindo, amo, amo! Mas só quem já passou por essa fase sabe o que é uma casa com bebê! Choro à noite, troca de fralda toda hora, pilhas e pilhas de roupinhas pra lavar, passar, guardar, vestir, tirar, lavar, passar... Toda hora é hora de fazer alguma coisa com o bebê: se já mamou, então é hora de trocar. Se o sol está quentinho é hora de dar banho... E quando o neném dorme é hora de cuidar de TODA a casa, até que ele acorde e começa tudo de novo... Definitivamente esse carrinho me lembra... barulho, stress, muito sono... Não, muito obrigada!

Prefiro mesmo o meu carrinho "classe média" que deixa meu marido goiano satisfeito com as refeições a serem preparadas e com o valor, que mesmo ultrapassando o desejado, ainda fica dentro do orçamento...

É claro que existem vários outros tipos de carrinho de compras... Os exagerados (que de duas, uma: vem de uma família muito grande ou de uma família com mania de grandeza!) Talvez o pai ou a mãe já tenha passado alguma dificuldade um dia e não suporta a ideia de ver a geladeira ou os armários vazios... É, tem dessas coisas!

A verdade é que são tantos tipos de carrinho que poderia ficar inumerando-os aqui por várias e várias linhas... Poderíamos categorizá-los por tamanho de família, componentes familiares, faixa etária e classe social... Mas creio que não convém fazer isso, correria o risco de tornar-me cansativa e de os meus leitores julgarem-me doida também! (Uma coisa é eu me achar doida. Tudo bem, trata-se de eu mesma... Posso achar e "desachar" a qualquer momento... Mas a opinião de um terceiro, isso já é outra coisa!)

Mas fala a verdade: o carrinho de compras mostra muito mais sobre nós mesmos do que podemos imaginar! E você, já sabe qual é o tipo do seu carrinho? Não espere me encontrar numa fila dessas no caixa pra descobrir!

9 Comments:

Zéia said...

Amei e não achei você doida não. Embora que eu não sou observadora de carrinhos de super-mercado... Como eu já passei meu tempo precioso (saudades) com crianças... (filhos)... E "Tudo" o mais... Me encaixo bem naquelas que gostam de abrir uma geladeira "próspera..." Uau!!! E abrir armários... Prósperos.... Me sinto segura... É bom... Amo conduzir um carrinho para comprar e encher com tudo que é direito e saudável... Bem... Caindo as máscaras... Guloseimas é o foco para os grandes deslizes... Se você me encontrar por aí... Por favor, me ajude a lembrar que preciso focar numa boa alimentação.
Te amo filhinha.

Carolina Elisabete said...

hahahaha! Eh tô contigo! Adoooro observar o que as pessoas compram! Dá pra saber perfeitamente mtas coisas.. ex. se gosta de cozinhar, se tem mania de limpeza, se eh vaidoso!e etc!

wadevenga said...

e quanto as cestinhas de compras, típicos de quem nao se organizou o suficiente ou que vive no lema de basta cada dia seu próprio mal. acho que estou nessa heheheh

♫ FáZinho ♫ said...

olha vou ser sincero, tenho a mesma mania que vc uAHEuaehuea...

Eu faço compras com meus pais, mas se eu fizesse sozinho, hmmmm, meu carrinho seria cheio de miojo, cup nodles, coca e salsicha em latada...
de verdade AEHUAEHUAEHUAE

ADorei o texto viu, achei bem divertido...

Um bejaumm se cuida ae, adorei ter encontrado seu blog, e perdão pela minha ausência aki... bejos

dante said...

Sinto muita saudade de um pouco de gordura no meu carrinho cheio de coisas integrais!

Bia said...

Adorei....

Fafilima said...

kkkkkkkkkkkkkkkkkadorei eu sou muito observadora e tb dou uma olhadinha ..bom o meu carrinho tem arroz feijao e carne hehehehheh comida caseira basicaaaaaaaa e depois um pacote de pao integral pra equilibrar kkkkkkkkkkkkkk

Anônimo said...

Voces esqueram do carrinho da "mãe louca". Não acredito que ninguem passou por isso um dia....agente fazendo compras e as crianças saindo do carrinho e pegando coisas que não são para comprar, ou então quando vão tirando do carrinho e jogando em outro lugar...ai que raiva que dá.Aí... Quando voce chega em casa seu marido pergunta, amor voce trouxe meu barbeador, e voce diz trouxe, aí voce procura, procura, procura, diz eu trouxe está por aqui, ou será que caiu no carro, mas de repente vem na cabeça a sena das crianças , bom! Essa sou eu...Paula
Amiga beijos no coração, adoro ler seus textos...

Imilena Oliveira said...

O meu não cehga a ser um carrinho é na maioria das vezes uma cestinha e sempre tem porutos integrais, gelatinas, barras de cereias e etc; bjs!!