Com tanta pressa... Onde você quer chegar?

Fazer as coisas correndo tornou-se algo normal nos dias de hoje... É difícil encontrarmos alguém fazendo as coisas "desaceleradamente", isto sim é incomum!
Sem dúvidas a modernidade, a "globalização" nos trouxe muitas vantagens, muitos "confortos"... Não sei se seria capaz de viver sem um carro, um celular, um computador, shopping, um controle remoto... Mas a que preço vendemos nossa liberdade? Vivemos "correndo" pra cima e pra baixo... Mal paramos pra dar um "oi", mal temos tempo de nos importar realmente com as pessoas a nossa volta... Não olhamos mais nos olhos... E perdemos a magia de viver cada momento como se fosse único. (e é... cada momento é único... jamais voltará!)
Não é difícil de entender o porquê da nossa geração ter se tornado tão egoísta... Simplesmente é por falta de tempo! Ou será que foi o egoísmo que nos fez ter tanta pressa? Chegamos aqui em um dilema... Não vale queimar nossas cabeças com essa questão... Mas uma verdade há, que ninguém pode negar: O mundo hoje é movido em torno do relógio!
Eu mesmo, que tanto critico essa loucura desenfreada, vivo correndo... Sempre tenho aquela impressão que não vou chegar a tempo, não vou conseguir entregar no prazo, que não vai dar tempo de fazer isso, pegar aquilo... Quando me dou conta tento me lembrar o que realmente importou... E entro em pânico quando não consigo recordar o que o meu filho queria, o que o meu marido pediu... o que eu tenho feito para tornar "nossas vidas" únicas e empolgantes... Ai meu Deus!
De vez em quando eu paro tudo... Passo uma manhã inteira no tapete do quarto brincando com os filhos... ou à tarde toda comendo pipoca e assistindo filme com eles... Tiro uma noite para sair sem destino e hora marcados com o marido (desmarcamos tudo...) E sempre é uma festa quando tiramos momentos assim... Ou simplesmente paro o que estou fazendo e olho nos olhos dos que me perguntam algo, me interesso realmente pelo que está acontecendo e dedico um pouco do meu tempo com os outros... Sabe que não leva tanto tempo assim?
Muitas vezes queremos economizar tempo e não nos damos oportunidades de viver momentos únicos por causa da pressa... Mas ali adiante enfrentaremos um congestionamento e seremos obrigados a esperar minutos, horas às vezes! As pessoas que amamos não merecem alguns minutos, horas do nosso dia? Elas são menos importantes que um congestionamento à frente?
Não sei se é loucura minha... Mas antigamente os dias eram mais românticos, as pessoas eram mais felizes, o tempo era melhor administrado... Precisamos aprender a viver como se vivia a algum tempo atrás...
Conseguiremos?

4 Comments:

Zéia said...

O que vc escreveu é de fato uma realidade filha. E louvado seja Deus que voce tem o descernimento para perceber que é necessário desacelerar...E reconhecer que existem prioridades em nossa vida e que precisaos vivenciar em sua totalidade e plenitude. E você que tem o Espírito Santo em sua vida, está sabendo escolher a melhor parte. Em nome de Jesus. Estamos vivendo o que se chama "ativismo" e isso tem impedido o ser humano de vivenciar os verdadeiros propósitos do qual fomos chamados.

Patricia C. said...

Que lindo, parabéns pelo texto.
Me fez refletir...
Você escreve muito bem.
Parabéns pelo blog, muito bom.
:)

Lúcio said...

Esse mundo muda muito,e as pessoas aconpanham.
Bem editado teu blog,parabéns!
abç!

Martthyn'S said...

a vida e seus segredOs...
Muito bom o blog
Entao pega la meu banner e pego o seu e coloco no meu certo??
avisa la